Cássio afirma que não irá voltar à política em 2022: “Não serei candidato, a decisão é irreversível”

 



                                                       

                                                                                    



O ex-senador e ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), disse, nesta segunda-feira (27), durante entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, que não disputará nenhum cargo eletivo no pleito deste ano, como vinha sendo especulado nos bastidores da política.

De acordo com Cássio, a decisão de não concorrer já está tomada e é irreversível. Ele lembrou, no entanto, não saber precisar no momento, se a pausa na carreira política é definitiva. Durante a entrevista ao jornalista Luís Tôrres, Cássio Cunha Lima fez um breve retrospecto de sua trajetória política e revelou que levou em consideração um conjunto de fatores para o posicionamento. “Não serei candidato, a decisão é irreversível. Você leva em consideração um conjunto de coisas, não um fato isolado apenas”, disse.

Questionado sobre a disposição de concorrer em disputas futuras, Cássio foi taxativo: “Não sei dizer se serei candidato nas eleições daqui a quatro anos, é mais fácil dizer a cada eleição. Às vezes você acha que não vai dar certo fazendo outra coisa, mas digo: a vida é muito curta para se fazer uma coisa só”, destacou.

A última participação de Cássio em disputas eleitorais foi na campanha de 2018, quando tentou a reeleição para o Senado. durante entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, que o Republicanos é bem-vindo ao campo da oposição. Segundo ele, o PSDB, que tem o deputado federal Pedro Cunha Lima como pré-candidato ao governo, está aberto ao diálogo com a legenda.

Cássio Cunha Lima destacou o potencial do Republicanos, ressaltando que a legenda é composta por importantes quadros, a exemplo de Hugo Motta e Adriano Galdino. “Vamos conversar com o Republicanos, o partido é muito importante, possui lideranças, possui quadros, não só para a vaga de vice, mas para o Senado e até mesmo o Governo do Estado”, disse.

Atualmente, o Republicanos integra a base aliada do governador João Azevêdo (PSB), mas diverge quanto à disputa ao Senado e mantém o apoio à pré-candidatura de Efraim Filho (União Brasil) ao Senado.

Fonte: TV Arapuan

Créditos: Polêmica Paraíba


Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Cássio afirma que não irá voltar à política em 2022: “Não serei candidato, a decisão é irreversível”"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.