Morte de José Maranhão completa um ano

Um dos principais personagens da política paraibana, Maranhão foi vítima de complicações da Covid-19


                                              

José Maranhão (Foto: Agência Senado)


A morte do ex-governador da Paraíba José Maranhão completa um ano nesta terça-feira (8). A data foi lembrada durante sessão na Assembleia Legislativa, onde Maranhão atuou por quatro legislaturas.

O deputado Raniery Paulino (MDB) disse que tem orgulho de ter iniciado sua trajetória política ao lado de José Maranhão e destacou o legado do político para as futuras gerações.

“Maranhão não é apenas um nome. Quando a gente encontrar um político que conjuga capacidade de gestão e austeridade, aquele é um Zé Maranhão. Toda e qualquer homenagem que eu fizer a este homem público vai estar aquém do que eu lhe devo, do aprendizado que recebi”, declarou.

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) também prestou homenagem a José Maranhão. Nas redes sociais, ele disse que o ex-governador segue inspirando os políticos paraibanos.

“Há um ano a Paraíba se despedia de José Maranhão, que passou para a vida eterna após ter cumprido sua missão entre nós. Mas Zé deixou um grande legado, como mestre de obras, competente gestor e homem público de qualidades incontestáveis. Seu legado segue inspirando muitos de nós”, escreveu.

No último domingo (6), familiares e amigos participaram de uma missa em homenagem a José Maranhão. A viúva do ex-governador, a desembargadora Maria de Fátima Bezerra, falou sobre a data, à TV Correio.

“A saudade aperta um pouco mais, porém, aliado à saúde, eu tenho uma gratidão imensa a Deus por ter convivido e tido o amor de José Targino Maranhão”, disse.

O presidente do Sistema Correio de Comunicação, Roberto Cavalcanti, estava entre os presentes na missa. Ele disse que Maranhão é uma figura insubstituível, por quem tem gratidão política e de amigo. “Estou aqui ao lado da família e amigos para dar o testemunho do quão importante foi a passagem política e humanística de Maranhão”, declarou.

José Maranhão morreu aos 87 anos, vítima de complicações da Covid-19. Ele foi diagnosticado com a doença em novembro de 2020, logo após o 2º turno das Eleições Municipais. Após alguns dias internado em João Pessoa, ele foi transferido para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde foi constatada uma insuficiência respiratória. José Maranhão lutou contra a Covid-19 por semanas. Além da esposa, ele deixou três filhos, Maria Alice, Leônidas e Letícia Maranhão.

Assista ao vídeo abaixo:


Fonte: Portal Correio 

Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Morte de José Maranhão completa um ano"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.