Manoel Ludgério defende aliança entre João Azevêdo e Romero em 2022, e diz: “Se não prosperar, vou ouvir minhas bases”

Ludgério relembrou momentos da política paraibana aonde, adversários históricos, já subiram no mesmo palanque





                                                                     



O deputado estadual Manoel Ludgério(PSD) sugeriu uma união entre os dois principais nomes que estão colocados para disputar o governo do estado, em 2022: O atual governador João Azevêdo(Cidadania), que concorre à reeleição, e o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues(PSD).

Ludgério relembrou momentos da política paraibana aonde, adversários históricos, já subiram no mesmo palanque, e pontuou os últimos encontros do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima(PSD), com o governador João Azevêdo.

“Vivemos um momento diferente, João Azevedo e Romero, são homens de diálogos, o Prefeito Bruno tem transitado com pleitos junto ao executivo estadual, isto é saudável, civilizado, mas são demonstrações de que vivemos e precisamos avançar para uma politica moderna”, disse o parlamentar. “Nada mais saudável para a PB, oferecer ao Brasil, exemplo de que é possível os diferentes convergirem para o bem comum”, complementa.

Ludgério disse que vai defender essa tese de união, mas, caso sua tese não prospere, sentará com toda a sua base de prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas que o apoiam. “Se minha sugestão não prosperar, minha decisão sobre 2022, será conduzida pelos meus amigos de verdade, aqueles que estão comigo na dor e na alegria”, sublinhou.

O deputado relembrou 2002, quando o PSDB e o antigo PFL(hoje Democratas) se uniram, e elegeram Cássio Cunha Lima governador. Ele também disse que nas eleições de 2014 defendeu a união do PSDB com o MDB, com José Maranhão(In Memorian), sendo o candidato a senador da chapa encabeçada por Cássio Cunha Lima, que acabou perdendo para o então candidato à reeleição, Ricardo Coutinho(PSB).


Fonte: https://seligapb.com.br/

Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Manoel Ludgério defende aliança entre João Azevêdo e Romero em 2022, e diz: “Se não prosperar, vou ouvir minhas bases”"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.