Relator vota pela inelegibilidade de Ricardo, mas ministro pede mais uma vez vistas a ação









                                                                                   

Foto: Reprodução/TSE


O ministro Luis Felipe Salomão pediu vista nesta quinta-feira, em sessão do Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que pede a inelegibilidade do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) por abuso de poder político e econômico na campanha eleitoral de 2014.
O ministro Og Fernandes, relator no TSE das Ações de Investigação da Justiça Eleitoral (Aijes) do Empreender e nomeações feitas a época, movida pela Coligação ”A Vontade do Povo”, pediu a inelegibilidade de Ricardo Coutinho por oito anos, retroativo a partir de 2014, e da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT). Lígia também foi vice no Governo do socialista.
Og Fernandes votou pela inelegibilidade com base também nas denuncias feitas pela Procuradoria Geral Eleitoral (PGE). O presidente do TSE, ministro Luis Roberto Barroso, marcou uma outra sessão para sexta-feira, às 10h, com possibilidade de retomada do julgamento.

Fonte: https://paraiba.com.br/

Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Relator vota pela inelegibilidade de Ricardo, mas ministro pede mais uma vez vistas a ação"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.