Veneziano fecha 1º mês de mandato com 19 proposições e conquista de US$ 50 milhões para a PB









                                                                                         

Foto: Divulgação


O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB/PB) fechou o mês de fevereiro, o primeiro de seu mandato no Senado, com uma avaliação extremamente positiva quanto à sua atuação parlamentar. A síntese destes primeiros dias aponta pra a apresentação de 19 proposituras e um trabalho de articulação que garantiu a aprovação do empréstimo de US$ 50 milhões ao Governo da Paraíba, além de outras ações importantes.
“Avalio que esse primeiro mês de mandato foi muito positivo, com a discussão e aprovação de matérias importantes para o País e para a Paraíba. Uma das conquistas importantes foi a defesa que fizemos para aprovar, esta semana, na Comissão de Assuntos Econômicos e, posteriormente, em Plenário, da autorização para o empréstimo de US$ 50 milhões ao Governo da Paraíba”, afirma Veneziano.
Veneziano, que é líder do Bloco Parlamentar ‘Senado Independente’, composto por PSB, PDT, REDE e PPS, fez um intenso e positivo trabalho de bastidores para garantir a aprovação do empréstimo, que vai significar investimentos em várias cidades da Paraíba, através do programa Cooperar. A articulação começou com o presidente da Casa, Senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), em reunião com o governador João Azevedo (PSB) que Veneziano intermediu, para que, juntos, agilizassem o empréstimo.
O trabalho de articulação continuou com o presidente da CAE, Senador Omar Aziz (PSD-AM), para a rápida inclusão do pedido na pauta da Comissão, oportunidade em que Veneziano fez uma ampla defesa da matéria, inclusive evitando a retirada de pauta, o que chegou a ser cogitado, mas não ocorreu graças à intervenção técnica e política de Veneziano. À tarde, o Senador paraibano trabalhou para incluir o pedido de empréstimo na pauta do Plenário, quando, mais uma vez, a matéria foi aprovada por unanimidade.
A síntese aponta também a atuação nos debates sobre propostas do Governo Federal, com destaque para a apresentação de requerimentos nas comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Assuntos Econômicos (CAE) convidando os ministros da Justiça, Sérgio Moro; e da Economia, Paulo Guedes, para debater, no Senado, as propostas de Reforma da Previdência e Pacote Anticrime.
Outro ponto de destaque foi o alerta feito por Veneziano, na tribuna do Senado, quanto às consequências que a privatização dos aeroportos de João Pessoa e Campina Grande poderá trazer. Segundo ele, consta no cadastro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que os dois aeródromos são homologados para operações com aeronaves de maior porte, como os Boeings 737 e Airbus A320 e A319, comumente operados pelas companhias que atuam com voos comerciais domésticos, Avianca, Latam, Azul e Gol.
Contudo, a empresa ou consórcio que vier a operar esses aeroportos terá a obrigação de adequá-los para receber aeronaves de uma categoria inferior. Veneziano vê o risco de a concessionária deslocar voos com aviões maiores para aeroportos próximos que ofereçam mais perspectivas de lucro, como o de Recife, que faz parte do mesmo pacote de concessões. Além disso, Veneziano também vê riscos de retirada do ILS do aeroporto de Campina Grande, uma conquista do então Senador Vital do Rêgo.
Assessoria 
via: http://www.paraiba.com.br


Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Veneziano fecha 1º mês de mandato com 19 proposições e conquista de US$ 50 milhões para a PB"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.