Marinha abre 960 vagas para soldados fuzileiros navais

A Marinha do Brasil está com inscrições abertas para 960 vagas em Concurso de Admissão às Turmas I e II/2020 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN).





A taxa de participação tem valor de R$ 42. Os candidatos que desejarem requerer a isenção da taxa de inscrição têm até 13 de março de 2019 para a requisição, devendo seguir os procedimentos especificados no edital. (Foto: arquivo)


A Marinha do Brasil está com inscrições abertas para 960 vagas em Concurso de Admissão às Turmas I e II/2020 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN). Os candidatos interessados podem fazer inscrições até o dia 28 de março de 2019 no site .
Para participar é necessário que o candidato tenha concluído o ensino médio ou curso equivalente, em estabelecimento de ensino reconhecido oficialmente, que tenha 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2020, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m e ser brasileiro e do sexo masculino. 
Os aprovados no concurso e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no C-FSD-FN e o realizarão na condição de Recruta Fuzileiro Naval (RC-FN), durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, o RC-FN perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, como ajuda de custo para despesas pessoais.
A taxa de participação tem valor de R$ 42. Os candidatos que desejarem requerer a isenção da taxa de inscrição têm até 13 de março de 2019 para a requisição, devendo seguir os procedimentos especificados no edital.
Classificação
A classificação será constituída de prova escrita composta em duas partes (Língua Portuguesa e Matemática). Este exame será realizado na data prevista de 28 de maio de 2019. Já a outra etapa será da verificação de dados biográficos, que terá como propósito analisar a vida pregressa do candidato quanto às infrações penais, por meio de consulta às secretarias de segurança pública estaduais, às superintendências regionais do Departamento de Polícia Federal, dentre outros órgãos, bem como avaliar a conduta moral e social, visando aferir o comportamento frente aos deveres e proibições impostos aos ocupantes de cargo público da carreira militar.
As demais fases constituem de inspeção de saúde, avaliação psicológica, teste de aptidão física de ingresso e verificação de documentos.
Fonte: https://www.clickpb.com.br




                                                      

Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Marinha abre 960 vagas para soldados fuzileiros navais"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.