Últimas

Destaques

Conheça a cidade paraibana onde ninguém paga conta de água

 


No coração da Paraíba, existe uma cidade peculiar que se destaca não apenas pela sua beleza, mas também por uma característica extraordinária: os moradores de Itapororoca não pagam conta de água. Uma realidade surpreendente que se deve à presença de uma nascente que abastece toda a cidade, tornando o acesso à água um direito inalienável para quem reside no município.

A Nascente Mágica

Desde sua fundação em 1961, Itapororocabeneficia-se de uma nascente única que se tornou o sustento hídrico para a população local. Essa nascente não apenas supre as necessidades diárias dos moradores, mas também alimenta as piscinas do Parque da Nascença, uma área de preservação ambiental que se transformou em um dos principais pontos turísticos da região, destaca publicação do site NE9.

Descobrindo o Parque da Nascença

Além do abastecimento vital, o Parque da Nascença oferece mais do que apenas água. Os visitantes podem explorar a Ecotrilha da Nascença, uma trilha que proporciona não apenas uma caminhada em meio à natureza, mas também uma viagem pela história da cidade, destacando suas árvores centenárias e outras curiosidades locais.

As rochas utilizadas na decoração do parque são um exemplo fascinante. Originárias de atividades vulcânicas, essas rochas agem como um arquífero natural, captando a água do entorno para alimentar a cidade. Uma verdadeira maravilha geológica que adiciona um toque único à experiência do Parque da Nascença.

Desafios Atuais e o Futuro

Apesar da incrível vantagem de não pagar pela água, Itapororoca enfrenta, nos dias de hoje, um desafio hídrico devido ao crescimento populacional. O sistema gratuito, que antes atendia a mil famílias, agora se vê sobrecarregado com mais de 5 mil residências apenas na área urbana.

A concessão do serviço à Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) foi aprovada, apontando para uma possível transição no futuro. Contudo, ainda não há uma data definida para a Cagepa assumir a gestão, deixando o município em suspense quanto ao seu futuro hídrico.

Uma Anomalia Hidrogeológica

A princípio, o fenômeno na região é uma “anomalia hidrogeológica”. Isso reflete a excepcional capacidade de absorção de água na área. Isso permite que a cidade de Itapororoca seja abastecida gravitacionalmente, sem a necessidade de motores ou bombas.

Em resumo, Itapororoca não é apenas uma cidade, mas um testemunho de como a natureza pode fornecer de maneira generosa. Uma história de água gratuita, uma nascente mágica e um povo que compartilha o privilégio de um recurso vital.

Fonte: https://www.portaldacapital.com/

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Comentários

Ultimas Notícias


https://picasion.com/

Saúde

Saúde/style

Redes