Tucanos e emedebistas têm semana decisiva sobre candidaturas

 



                                                 

Senador Veneziano Vital do Rêgo e deputado Pedro Cunha Lima

As executivas estaduais do MDB e PSDB devem se reunir esta semana para deliberar sobre o lançamento de candidaturas próprias ao Governo da Paraíba visando as eleições do próximo ano. As legendas constroem alternativas à reeleição do governador João Azevêdo (Cidadania), favorito para vencer o pleito.

O ninho tucano, que até pouco tempo apostava todas as fichas em Romero Rodrigues (PSD), assistiu ao ex-prefeito de Campina Grande deixar de lado o propósito de concorrer ao Palácio da Redenção.

Sem Rodrigues, o grupo liderado pelo ex-senador Cássio Cunha Lima trabalha para colocar o nome do deputado e presidente do PSDB, Pedro Cunha Lima, para disputa. Essa tese é defendida e abraçada pelos parlamentares da legenda, como Ruy Carneiro e Camila Toscano.

O prazo para o lançamento do nome de Pedro como candidato estipulado pelos próprios filiados da legenda de João Dória é até a próxima quarta-feira (15). Lideranças tucanas acreditam que o partido não deve virar o ano sem colocar o bloco na rua.

Sem definição oficial, o PSDB assiste aos “aliados” Nilvan Ferreira (PTB) e Cabo Gilberto (PSL) se lançarem como eventual concorrentes ao cargo de governador.

Por outro lado, o MDB, que ainda é oficialmente aliado de João Azevêdo, inclusive com indicações de secretários, pretende lançar o nome do senador Veneziano Vital do Rêgo para o pleito vindouro. Essa tese tem simpatia por parte dos filiados da legenda do ex-senador José Maranhão.

Na última sexta-feira (10) em entrevista ao Programa Hora H, da Rede Mais Rádio, o presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi, tratou a candidatura de Vital como “estratégica” para o agrupamento partidário.

Já a senadora Simone Tebet, pré-candidata à Presidência da República pelo partido, disse ao mesmo programa que torce para ter Veneziano à frente de um palanque na Paraíba.

O MDB, no entanto, precisa driblar uma divergência interna. O grupo Paulino – deputado Raniery Paulino e ex-governador Roberto Paulino – afirmou que não pretende abandonar a reeleição de Azevêdo.

Os dois faziam oposição a João e no ano passado aderiram ao projeto. Eles têm dito que a prioridade é votar no atual governador. Raniery, inclusive, tem proclamado que este é o seu único “compromisso”.

A definição sobre candidatura própria no MDB deve acontecer esta semana, inclusive com a perspectiva da presença de membros do diretório nacional.

Wallison Bezerra – MaisPB 

Fonte: https://www.maispb.com.br/


Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Tucanos e emedebistas têm semana decisiva sobre candidaturas"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.