Projeto nacional de aquicultura fortalece criação de ostras na Paraíba









                                                                                         

Foto: Assessoria Sebrae-PB


Ações foram discutidas durante reunião ocorrida em Natal, que também contou com visita técnica a ponto de criação de ostras

O projeto de aquicultura desenvolvido pelo Sebrae Nacional e o Embrapa Meio Norte em estados do Nordeste, incluindo a Paraíba e o Rio Grande do Norte, foi discutido nesta segunda (11) e terça-feira (12) em Natal, com a presença de diretores e analistas das instituições. Na oportunidade, o projeto de ostricultura apoiado pela Fundação Banco do Brasil nos dois estados também foi apresentado. Uma visita técnica a Canguaretama (RN), local de criação de ostras, encerrou a visita do Sebrae Nacional e Embrapa Meio Norte à região.

De acordo com o analista técnico do Sebrae Paraíba, Jucieux Palmeira, o projeto do Sebrae Nacional, que direcionou quase R$ 14 milhões para o setor da aquicultura em todo o país, contemplou a Paraíba no segmento das ostras. No Rio Grande do Norte, além das ostras, o cultivo de tilápias também foi contemplado por meio do projeto. O diretor técnico do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim, participou da reunião junto ao diretor técnico do Sebrae Rio Grande do Norte, João Hélio, e o superintendente do Sebrae Rio Grande do Norte, Zeca Melo.

“A reunião foi importante para trabalhar a cadeia produtiva do segmento nos dois estados. Isso envolve a proteção da ostra nativa, ou seja, fazer com que o manejo tenha um padrão científico que resulte num produto de maior qualidade e mais produtividade ao produtor, além de segurança e sanidade ao consumidor, e também observando a preservação da espécie ao evitar o extrativismo, que poderia levar a uma futura extinção da ostra. O ponto mais importante é que estamos incentivando a produção de uma ostra que é típica do litoral nordestino, com a oportunidade de gerar emprego e renda para comunidades de pescadores”, avaliou o diretor técnico do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim.

Conforme o analista técnico do Sebrae Paraíba, Jucieux Palmeira, o projeto de ostricultura já é desenvolvido no município de Marcação (PB), em conjunto com Canguaretama (PB), e a expectativa é de ampliar a produção para uma área de Pitimbu, que ainda está em avaliação. Ainda, na última terça-feira (12), foi realizada uma visita técnica aos ostruários em Canguaretama, onde foi possível visualizar o avanço do projeto de ostricultura.

O projeto de ostricultura realizado em parceria entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte, contemplado pela Fundação Banco do Brasil, recebeu quase R$ 1 milhão para capacitação dos trabalhadores e compra de equipamento para limpeza das ostras, a exemplo de depurador. Já o projeto “AquiTech: Aquicultura com tecnologia e sustentabilidade”, do Sebrae Nacional e Embrapa Meio Norte, prevê, dentre outras ações, a implantação de uma unidade de desenvolvimento de tecnologia específica para aprimorar a criação de camarão na Paraíba.
Assessoria 
via: http://www.paraiba.com.br

Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Projeto nacional de aquicultura fortalece criação de ostras na Paraíba"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.