'Só me tiram da campanha se me matarem', diz Maranhão sobre fake news

Senador marcou uma entrevista coletiva às 15h, na sede do diretório estadual do partido em João Pessoa, onde descartou qualquer possibilidade de desistência






                                                      

Coletiva foi marcada para às 15h desta quinta-feira (16) - Foto: Raniery Soares/ Jornal Correio

O senador José Maranhão (MDB), candidato ao Governo do Estado, anunciou, nesta quinta-feira (16), a criação do aplicativo ‘Se Ligue no Zé’, que vai permitir uma comunicação “direta e pessoal com o povo”. O senador realizou a entrevista coletiva na sede do diretório estadual do partido em João Pessoa, onde descartou qualquer possibilidade de desistência com a frase ‘só me tiram dessa campanha se me matarem’. Na ocasião ele também denunciou a ‘imprensa marrom’ como autora de propagar falsas notícias sobre ele.

“Dois motivos me trazem aqui: abertura da nossa campanha e o lançamento dessa ferramenta. A ferramenta é a forma que encontramos para superar as dificuldades financeiras, sobretudo porque estamos enfrentado o Palácio da Redenção que tenta desautorizar uma candidatura que já está posta”, disse ao anunciar o aplicativo.
Durante a coletiva, Maranhão criticou pela primeira vez a atual gestão. “Não somos uma candidatura que teve resultado de cambalachos dentro de gabinetes oficiais. Depois de já constituída nossa chapa tentaram me convencer a fazer uma mudança que implicaria na negativa da minha história. Se fosse aceitar as propostas significaria a queda de uma história de sempre. Eu quero continuar com a confiança de todos os paraibanos”, relatou.
O senador ainda descartou qualquer possibilidade de desistência. “Primeiro eles disseram que eu não ia me candidatar. Fazem pesquisa do jeito que querem, fabricam as pesquisas dento dos gabinetes achando que o povo é tolo e não sabe entender essas jogadas malandras. Sou candidato, continuo candidato e estou na luta para vencer”.
Fake news
Depois de anunciar o aplicativo e criticar a gestão, Zé Maranhão disse que vai denunciar a ‘imprensa marrom’, que, segundo ele, é autora de propagar falsas notícias sobre ele e sua saúde.
“Esses expediente da imprensa marrom não desmoralizam ninguém, mas desmoralizam seus autores. Não me preocupo com eles. Eles que estão com medo, porque sabem que o povo da Paraíba não é um rebanho insensível. Lógico que tem um propósito político por trás do pseudos jornalistas. Os dados eu já tenho e vou denunciar em um momento próprio. Só tenho uma decisão marcada: estou ao lado do povo. Só se me matarem me tiram dessa campanha”, concluiu.
*Matéria atualizada às 15h50 para acréscimo de informações

Por: 
 e 

Fonte: https://portalcorreio.com.br

Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "'Só me tiram da campanha se me matarem', diz Maranhão sobre fake news"

Deixe um comentário!

Publicidade how to make gifs

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados.